Grandes concertos nos melhores monumentos da Região Centro
O.P.(us) - Ópera no Património

Ópera no Património é um roteiro artístico-cultural que une os Municípios da Batalha, Leiria, Viseu, Pinhel, Vila Nova de Foz Côa e a Universidade de Coimbra, aberto a novas inclusões de instituições públicas ou da chamada sociedade civil, nomeadamente Escolas e Universidades.

Constam deste projeto 91 realizações ao longo do roteiro, incluindo Ópera em versão cénica, Ópera em versão de concerto, Música Coral Sinfónica, Música de Câmara, Sessões Didático-Pedagógicas, Conferências, Master-Classes e outras realizações.

O roteiro inclui também a descoberta do património, através de visitas guiadas e palestras, em articulação com os eventos musicais, alinhado com uma estratégia regional de preservação de valores culturais e naturais, e de incremento do turismo cultural, constituindo-se como um forte ativo cultural e económico junto das populações.

Orquestras, equipas criativas, cantores, bailarinos e técnicos de cena, sob a direção artística de José Ferreira Lobo, interpretam obras referenciais da História da Música, conferindo uma dimensão cénica integral e única no Mundo aos espaços patrimoniais, muitos destes classificados pela Unesco como Património da Humanidade, que acolhem os eventos.

A inclusão de elementos singulares e coletivos das comunidades, contribui para o desenvolvimento sociocultural e formativo, local e regional.

Este roteiro é um passo na direção de um vasto programa de criação de novos públicos, de formação dos públicos já existentes, para além da fruição cultural, essencial a um global desenvolvimento do Ser Humano enquanto ser cultural e social.

Visa ainda o enriquecimento profissional de muitos jovens artistas em áreas em cuja valorização é extremamente difícil fora dos grandes centros pela escassez de eventos desta natureza.

O projeto é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional a partir da sua candidatura ao Programa Operacional Regional do Centro e executado no triénio 2017, 2018 e 2019.